Sobre o Projeto

O objetivo do presente estudo é desenvolver e estabelecer uma metodologia para definir, implementar, testar e validar uma ‘Safety Tolerance Zone’ (Zona de Operação Segura), sensível ao contexto, para a operação de veículos rodoviários e ferroviários, no seio de um sistema inteligente de monitorização e avaliação do contexto operacional e apoio à operação (i-DREAMS). Esta zona de segurança consiste num envelope de operação dinâmico, cujos limites, definidos e ajustados de forma contínua com base no contexto operacional, garantindo a segurança do operador , e, como tal, não refletem necessariamente a iminência da ocorrência de um incidente ou acidente.

 

Os ensaios de campo (operacionais) terão lugar em 5 países, nomeadamente: Portugal, Bélgica, Reino Unido, Alemanha e Grécia, sendo os responsáveis locais pelos diferentes ensaios de campo:

  • Barraqueiro Transportes, S.A. (Portugal)

  • UHasselt –  Univesiteit Hasselt (Bélgica)

  • Loughborough University (Reino Unido)

  • TUM –  Technische Universitaet Muenchen (Alemanha)

  • NTUA –  National Technical University of Athens (Grécia)

 

Os ensaios, em Portugal, contam ainda com a supervisão tecnológica da CardioID Technologies.

i-DREAMS em Portugal

O estudo, no âmbito do projeto europeu i-DREAMS, engloba 600 condutores distribuídos por cinco países da UE (Bélgica, Portugal, Reino Unido, Grécia, Alemanha) e por quatro modos de transporte (carro, autocarro, camião, ferroviário). O estudo contempla, numa primeira fase, ensaios em ambiente de simulador, ao quais se seguem três fases distintas em ambiente de operação real, i.e. em estrada . Pode consultar através do botão em baixo a estrutura das diferentes fases de teste, bem como a distribuição dos participantes por modo e fase.

Em Portugal, a amostra principal contará com um mínimo de 160 participantes, dos quais estava inicialmente previsto um grupo de 50 motoristas de camiões e um segundo constituído por 110 motoristas de autocarro. Contudo, por forma a balancear o número de amostras entre os modos pesados rodoviários, de mercadorias e passageiros, está prevista uma revisão do número de participantes para 25 a 30 motoristas de camiões e 120 a 125 motoristas de pesados de passageiros, sendo que o número final dependerá da pool de participantes voluntários e dos critérios mínimos de recrutamento definidos no projeto.

Em território luso a coordenação dos teste estará a cargo de Barraqueiro Transportes S.A., empresa do Grupo Barraqueiro. 

STZ_edited_edited.jpg

Sistema i-DREAMS